Página 1 de 1

Linha Barca d'Alva - Pocinho

MensagemEnviado: terça jul 02, 2013 17:39
por rifkinda
Passou agora na RTP1, no programa Portugal em Directo uma reportagem sobre os esforços conjuntos do portugueses e espanhóis para reactivarem esta linha, nem que seja só para uso turístico, com recurso a veículos próprios, que conseguem andar sobre os carris.
A reportagem ainda não deve estar online, mas quando estiver, posso pôr aqui o link para a verem.

Talvez não esteja assim para tão longe uma maneira diferente de percorrer a linha e procurar as caches de renome que ali se encontram.

Re: Linha Barca d'Alva - Pocinho

MensagemEnviado: quarta jul 03, 2013 18:38
por clcortez
Tal como tive oportunidade de comentar ontem durante o Hangout, este tema é recorrente. Desde que a linha foi desactivada nos anos 80 que foram sendo criados vários grupos de cidadãos (e não só) que pretendem ver este troço Pocinho - Barca d'Alva (e depois para Espanha) reactivado e de novo com comboios.
Depois, há os que defendem que deviam ser só os combóios turísiticos, como o vapor que também circula na linha do Douro para os turistas, e depois há ainda iniciativas menos ambiciosas com esta para algo mais à escala do que é esperado para um região do interior e com pouca população e turismo.
O problema está que a linha nunca foi abandonada, foi apenas desactivada, e sempre houve esperança de a verem reactivada. Ao contrário de outras, nomeadamente de linhas com um fim ou ramais (Vouga, Dão, Minho, Tâmega, Guimarães, etc) que primeiro foram desactivadas e só depois abandonadas para evitar a ira da população e que depois deixaram de estar sob a alçada da actual Refer para passar para os municípios e que foram transformadas em Ecopistas, esta (assim como outras) continuam apenas com o estatudo de desactivas pois é sabida a sua importância internacional, no caso da Linha do Douro é uma das poucas internacionais que temos e que nos pode ligar à Europa. Vejam o exemplo que que aconteceu este semana, com a inauguração do serviço directo entre o Porto e Vigo, uma clara aposta na ferrovia como meio de transporte eficiente. Mas há mais exemplos, o ramal de Estremoz que liga Évora àquela cidade nunca foi abandonado, e de vez em quando é limpo, apesar de há muitos anos não passarem lá comboios, pois é uma linha estratégica numa possível ligação ferroviária entre Sines e Madrid, por exemplo.

Mas enfim, vamos aguardando os desenvolvimentos. Não está fácil para justificar o investimento num projecto destes (neste momento já é preciso gastar muito dinheiro para voltar a ter a linha transitável, face ao estado actual da mesma), e enquanto não há comboio há uma linha desactivada de 28km para percorrer! ;))

Re: Linha Barca d'Alva - Pocinho

MensagemEnviado: quinta jul 31, 2014 08:16
por rifkinda
Na página da cache "Na linha do Douro", há um pedido para companhia para esta caminhada.
Não querem aproveitar as férias para percorrer estes kms que vos ficarão para sempre na memória? :wink:

Re: Linha Barca d'Alva - Pocinho

MensagemEnviado: sexta jun 04, 2021 15:27
por rifkinda
Acabei de apanhar mais um artigo sobre a Linha do Douro, aqui!

Re: Linha Barca d'Alva - Pocinho

MensagemEnviado: domingo jun 06, 2021 08:40
por zoom_bee
Adoraria que fosse recuperada e com comboios a vapor (ok e como ia ser com os incêndios consequentes?) mas alguns dos argumentos utilizados são...enfim.

"Luís Almeida ... O presidente da direção da Associação Vale d’Ouro ... sublinha que... Nós temos uma infraestrutura onde se pode andar a 100 quilómetros/hora, temos de a usar."
100 km/h naquela linha deve ser uma forma de impulsionar o turismo de adrenalina.